8.12.14

Desenho da 1ª instrução - Darya Lytvynets


A 1ª instrução
O enunciado:
 Veste o casaco com as costas à frente e caminha sem levantar os pés, deslizando pelo chão.

O propósito da criação desta instrução foi ditada pelo desejo de assumir as ações que são, por vezes, aleatórias e/ou inconscientes. Mentalizando o que já foi feito sem pensar. Muitas vezes, quando estas ações mentalizadas e, de alguma forma, hiperbolizadas se realizam num lugar público, criam alguns constrangimentos enquanto atuamos (estes sentimentos aparecem segundo os nossos preconceitos construídos durante a aprendizagem). Mas nunca nos lembramos de que, em criança, já vestimos o casaco ao contrário, consciente (na brincadeira) ou inconscientemente (os erros que fizeram parte da nossa aprendizagem).  Ou como andar sem tirar o pé do chão? Ainda acham que nunca o fizeram? Ou simplesmente esta ação não foi interiorizada, mas foi um algo aleatório?
Portanto o objetivo desta instrução foi dar a importância às ações insignificantes e aleatórias e observar as emoções e as sensações que nos visitam durante a nossa atuação. É, também, um exercício de superação dos próprios medos e preconceitos instalados. Um exercício de desaprender.
Durante a execução deste exercício, por outra pessoa, previ os possíveis obstáculos que poderiam surgir no seu percurso como, por exemplo, os degraus. Foi interessante observar o(s) modo(s) utilizados para percorrer estes obstáculos.



                 video